Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Como o varejo deve se adaptar às mudanças tecnológicas do mundo dos negócios?

Publicado Por: ADP LATAM on 15 setembro 2017 in Tendência em RH

“A centralização do RH é a chave para simplificar a prestação de serviços”

 O modo tradicional das pessoas fazerem compras é ir às lojas e procurar os produtos nas prateleiras e araras. Porém, hoje em dia essa ação tem tomado uma conotação diferente, como apresentado em uma pesquisa da Deloitte que revelou que 56% das decisões de compra são influenciadas pela mídia digital.

Portanto, um dos grandes desafios do setor de varejo é se adaptar a essa nova forma de consumo para conseguir agradar às expectativas dos clientes e, ainda, acompanhar os avanços tecnológicos de acordo com os regulamentos, modelos financeiros e operacionais do setor.

Compras e a Tecnologia

Com a exposição das redes sociais, manter a notoriedade da companhia tem ficado cada vez mais difícil. Porém, uma notícia negativa, como a falta de pagamento aos funcionários, pode manchar a reputação da marca – daí a importância de prestar atenção à maneira como a companhia lida com a gestão de capital humano.

Muitos CEOs já sabem disso, é o que provou a pesquisa da PwC de 2014, que aponta que cerca de 93% deles reconhecia a necessidade de mudar ou está mudando as estratégias para atrair e reter talentos, mas 61% ainda não tinha feito nada para mudar esse quadro.

A pesquisa também revelou que três fatores são considerados essenciais para o sucesso: criar novo valor por meio da transformação digital, desenvolver parcerias diversificadas e dinâmicas e encontrar diferentes métodos de pensar e trabalhar em um ambiente multinacional.

Mudanças tecnológicas a cumprir

Para conseguir atingir estes três desafios, existem algumas dicas que podem ajudar.

A primeira dela é aumentar os lucros controlando os custos de RH e a solução é a nuvem. Um estudo conduzido pela Manchester Business School concluiu que 88% dos usuários da nuvem apresentaram reduções de custos e que 56% acreditam que os serviços em nuvem os ajudam efetivamente a aumentar os lucros.

O segundo passo é obter flexibilidade como condutor do sucesso nos negócios. Quando as empresas consideram expandir seus negócios, é necessário ter em mente o volume adicional de capital de investimento. E para conseguir administrar os novos funcionários, a terceirização global da folha de pagamento é uma forma de oferecer às multinacionais de todas as dimensões uma flexibilidade adicional à medida que crescem.

Por fim, é necessário manter o controle dos dados corretos e padronizados do capital humano. Os CEOs precisam ter conhecimento do talento presente dentro da organização para garantir que os funcionários trabalhem na direção das mesmas metas organizacionais.

Quando as corporações se atentarem do ganho que terão ao transformar o capital humano e as folhas de pagamento, vão conseguir alinhar as demandas com as estratégias de negócios. Lembrem-se, a centralização do RH é a chave para simplificar a prestação de serviços e o modelo operacional de RH que as organizações de renome mundial procuram adotar.

Ficou interessado e quer saber mais?  Você pode acessar clicando aqui.

Foto: BridgeSom

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *