Um período fora do trabalho para planejar o futuro: saiba mais sobre o ano sabático

Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Ano Sabático: Um período fora do trabalho para planejar o futuro

Publicado Por: ADPLatAm on 18 abril 2017 in Notícias & Eventos

Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

Publicado por Yasmin Freitas: Leia matéria completa no JC

Foto: Pixabay/Divulgação

Ainda pouco comum em corporações brasileiras, mas bem aceito no exterior, o sabático é tido como uma pausa para realizar descobertas pessoais e profissionais, provocar uma retomada de perspectivas, ajudar a rever a trajetória e planejar o futuro. Geralmente, o período mais referido é de um ano, mas o sabático pode ser de maior ou menor tempo.

“No mundo empresarial, ano sabático significa deixar o trabalho – de forma temporária ou não – para fazer outros trabalhos”, explica a coach e sócia-diretora da Sistema Humano Integral, Laura Magalhães. Dentro dessa perspectiva, vale uma viagem ao exterior, um curso de idiomas, um MBA, um projeto social ou outras ideias paralelas à sua atuação principal.

Apesar de ainda não ser bem quisto por muitas organizações, sair em um ano sabático (ou outro período de tempo) não deve ser enxergado como um bicho de sete cabeças.

(…)

Leia matéria completa no JC

“Não tem ano sabático que resolva problemas ligados à postura do próprio indivíduo. A motivação do ano sabático precisa ser uma necessidade de renovação e planejamento do futuro. Além disso, procure saber se a empresa valoriza esse tipo de experiência e quando conversar com o gestor, fale da sua pausa do ponto de vista dos ganhos profissionais e pessoais”, aponta Laura.

 

Futuro do Trabalho

(…)

Não é regra, mas a maioria dos profissionais que optam pelo ano sabático decidem realizar um intercâmbio. De acordo com a sócia e gerente na S7 Study, Silvana Mattoso,a experiência é valorizada pelos departamentos de RH. “Eles entendem que aquela pessoa nao é apenas fluente em outro idioma, mas apresenta qualidades como capacidade de lidar com o diferente e novos desafios, o que ajuda a bancar o ano sabático”, diz.

Leia matéria completa no JC

(Visited 121 times, 1 visits today)
Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

TAGS: capital humano intercambio sabatico Talentos

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

Fill in your details below or click an icon to log in: