Connect@ADP

Partnering with a more human resource

A importância de automatizar e terceirizar a gestão dos recursos de RH

Publicado Por: ADPLatAm on 6 setembro 2016 in Gestão do Capital Humano, Non classé

Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

Por ser a área que cuida de processos estratégicos, que vão desde o recrutamento e a gestão de talentos até o envolvimento dos funcionários e a parte administrativa, é preciso valorizar o departamento de Recursos Humanos (RH). Além de ser um espelho dos resultados financeiros da organização como um todo, é a área responsável pela folha de pagamento – parte do acordo de trabalho firmado entre funcionário e empresa.

Por esse motivo, automatizar e terceirizar a gestão dos recursos de RH só traz ganhos para a empresa, em todas as áreas e níveis. Entre os benefícios, podemos citar o acesso a informações por meio de uma única via entre líderes, gerentes e funcionários, o que centraliza a comunicação e a troca de informações dentro da empresa como um todo.

Muitas vezes, por terem feito as coisas sempre da mesma forma, as organizações tendem a se acomodar, e não percebem que uma solução de Tecnologia da Informação (TI) poderia trazer benefícios, como redução de custos e manutenção do compliance diante das mudanças de legislação (que impactam os processos de RH, além dos tributos relacionados à área de Finanças).

Uma pesquisa global, da consultoria e referência global em informações financeiras Ernst & Young (EY), evidencia isso. Ela concluiu que 28% das empresas entrevistadas ainda utilizavam uma tecnologia desenvolvida internamente ainda que obsoleta, para a gestão de recursos.

RH

Foto: Vers Contabilidade

O ponto é que frequentemente os investimentos na área de RH são subestimados. E isso fica claro com base em um estudo do instituto de pesquisas PricewaterhouseCoopers (PwC), de 2012, que mostra que apenas 37% do custo de administração da folha de pagamento e RH são perceptíveis. A causa é que muitas vezes esses processos são geridos fora do RH, em departamentos como os de TI ou Finanças.

O grande atrativo da automatização terceirizada é retirar toda uma operação das mãos da empresa e oferecê-la a custos menores. De acordo com um artigo de 2014 do portal referência em tecnologia Computer Weekly, “dois terços dos contratos dos sistemas de gestão de Business Process Outsourcing (BPO) hoje ainda são do tipo ‘lift and shift’”. Isso significa que os dados são apenas transferidos para fornecedores terceirizados, sem um planejamento e um entendimento específico do quadro do cliente. Entre as consequências desse processo estão falhas no sistema, que podem causar erros nas informações ou lentidão na rotina de trabalho dos usuários.

RH

Foto: HPS

De acordo com o documento da ADP, RH BPO: 7 erros comuns, “a terceirização, quando baseada em mal-entendidos ou falta de comunicação, pode ser uma experiência desastrosa. No entanto, ao revelar os mitos, esses erros podem ser evitados e uma verdadeira parceria de longo prazo pode ser formada entre a empresa e o fornecedor”.

O BPO permite não apenas satisfazer o RH, ele também pode ser ampliado e empregado em outros departamentos, conforme os interesses e necessidades da organização, sendo assim, é uma ótima oportunidade de estabelecer um relacionamento de longo prazo. A decisão estratégica, tanto da escolha da solução como do parceiro correto, não pode ser tomada de ânimo leve. Com base nas informações acima descritas, esperamos ajudar a impulsionar o desempenho futuro das empresas, facilitar esse processo e torná-lo mais consciente para organizações e líderes de RH.

Escrito por Jorge Aleixo

(Visited 419 times, 1 visits today)
Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

TAGS: Automatização RH Terceirização

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

Fill in your details below or click an icon to log in: