Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Diferença salarial entre homens e mulheres permanece

Publicado Por: ADP LATAM on 25 Abril 2019 in Gestão do Capital Humano, Tendência em RH

Quando se fala em igualdade salarial entre homens e mulheres ainda há um longo caminho a percorrer.

Segundo pesquisa feita pela Catho com cerca de 17 mil profissionais, elas ainda ganham menos do que eles em todos os cargos, áreas de atuação e níveis de escolaridade.

A diferença salarial, registrada em 2018, chega a quase 36%. Os cargos que se destacam com a maior discrepância são de presidente, diretor e gerente, em que as mulheres recebem 31% menos.

Isso acontece em um cenário em que as mulheres são maioria entre os empregados que têm curso superior. A mão de obra com ensino superior completo é 59% feminina.


Rota para a mudança:

Mudar esse cenário exige atuação de empresas e governo. No Reino Unido isso começou em 2017 por meio de uma lei trabalhista. A medida exigiu que todas as companhias do país com mais 250 funcionários publicassem, até abril de 2018, a diferença salarial de homens e mulheres.

A lei faz parte de um amplo trabalho do governo britânico contra a discriminação no mercado de trabalho. Por lá, mulheres ganham 17% a menos, segundo levantamento da  Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

A ADP já conta com uma política de equiparação de salário de homens e mulheres para os mesmos cargos e conta com diversas ações para fomentar a igualdade.

Atualmente, há mais de 55% de mulheres entre os colaboradores no Brasil, e cerca de 30% em cargos de liderança.

Como reflexo, a companhia foi uma das dez melhores para mulheres multiculturais trabalharem no mundo, segundo o Best Companies for Multicultural Women Awards de 2018.

A empresa conta com uma política para punir assédio moral, sexual ou qualquer tipo de discriminação. Além disso, realiza fóruns de debates sobre questões de inclusão de PCD e população LGBT.

 

TAGS: diferença salarial igualdade salarial Mercado de trabalho

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *