Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Será que é o momento de você fazer coaching?

Publicado Por: ADP LATAM on 1 Março 2018 in Tendência em RH

A palavra coach pode não ser uma novidade para você. Mesmo que nunca tenha utilizado este serviço, é comum ouvir que alguém está fazendo coaching, encontrar dicas destes profissionais na rede ou até mesmo receber uma indicação do departamento de Recursos Humanos da sua empresa para experimentar este acompanhamento. 

Como é o processo de fazer coaching?

O profissional envolvido nesse processo é capacitado para oferecer treinamentos que visam o desenvolvimento do profissional, tanto de suas habilidades técnicas quanto emocionais.

Traduzindo ao pé da letra, coach significa treinador, e o conceito originário dos esportes é proposital, pois o profissional desenvolve uma função similar à de um técnico de futebol, por exemplo.

Muitas companhias, visando aprimorar ainda mais os pontos-fortes e endereçar as necessidades de seus gestores, têm contratado este tipo de serviço.

Esta tendência de fazer coaching, entre outras coisas, visa suprir uma nova demanda dos funcionários: o feedback constante.

O objetivo é estimular os líderes a manterem conversas frequentes com os times e agir como uma espécie de coaching, guiando a carreira desses profissionais.

Esta mudança corrobora com o que apontou a pesquisa da ADP, Evolution of Work 2.0, divulgada em outubro de 2017. Ao ouvir mais de cinco mil trabalhadores de 13 países, um dos pontos mais ressaltados foi que, se recebessem retornos frequentes, reconhecendo seu desempenho, eles seriam mais estimulados a permanecer na mesma empresa.

Fazendo um recorte para o Brasil, perceberam que os funcionários brasileiros são os mais positivos em termos de feedback, sendo que nove em cada dez afirmam que poderiam fazer uma grande diferença em suas equipes.

Mas como saber se é o momento de contratar um coach para você ou sua empresa? Existem diversos tipos de modelos de treinamentos, desde inteligência emocional, relacionamentos, controle financeiro, até performance, gestão de carreiras, liderança e vendas.

A primeira dica é fazer uma autoavaliação para analisar como você gerencia sua vida, carreira e funcionários.

Caso se sinta inseguro em tomar uma decisão, deseje mudar o rumo da carreira ou veja que não possui controle sobre sua equipe, talvez seja a hora de recorrer ao serviço e começar a fazer coaching. 

Caso você não tenha pensado nesta possibilidade, sugerimos que comece a colocá-lo na balança. O investimento pode aumentar o desempenho da equipe, evitar o turnover e dar mais segurança e elevar a autoestima dos colaboradores. Experimente!

TAGS: coaching Desempenho evolução profissional feedback turnover

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *