Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Feedback que constrói

Publicado Por: ADP Blog Brasil on 17 dezembro 2018 in Gestão do Capital Humano, Tendência em RH

Você costuma dar feedbacks à equipe? Se a prática não fizer parte da rotina da empresa, é importante rever os processos. Isso porque, trata-se de uma das ferramentas mais importantes para o desenvolvimento de times de alta performance. Positivas ou não, as críticas servem para mostrar ao colaborador como está seu desempenho profissional e o que é possível fazer para melhorá-lo. Além disso, serve como um motivador. Quando um funcionário sabe o que a companhia espera dele e de que forma pode melhorar, trabalha mais engajado e, consequentemente, traz mais resultados.

Outro benefício conquistado pela organização é o melhor direcionamento do trabalho. A empresa que se preocupa em comunicar claramente quais os objetivos que busca alcançar e como a equipe pode ajudar a conquistá-los, tem melhores resultados. Para isso, é importante deixar claro quais as expectativas para o trabalho de cada funcionário, assim como entender o que os colaboradores esperam da empresa. Dessa forma, cria-se uma relação saudável de cooperação e produtividade. Sem direcionamento, o time fica desmotivado e perde o comprometimento com o negócio.

A prática

É importante ter em mente que o processo deve ser feito com frequência e deve abordar, também, os pontos positivos do funcionário. Não se trata apenas de uma ação para corrigir comportamentos, por exemplo. O melhor momento para dar feedbacks é, inclusive, quando o colaborador está desempenhando bem, pois as chances de evolução são maiores. Além disso, prefira sempre começar a conversa falando dos aspectos positivos para, depois, fazer críticas.

Para isso, organize seus pensamentos em ideias práticas, colocando no papel os pontos mais importantes para o desenvolvimento de cada colaborador. Isso inclui listar aspectos fracos e fortes, projetos de mais sucesso e competências que precisam ser desenvolvidas. É importante, sempre que possível, dar exemplos do que estiver falando. Se acredita que o funcionário precisa aperfeiçoar o trabalho em equipe, mostre uma situação em que essa habilidade teria sido importante. Mas não se esqueça: a transparência é fundamental. Deixe claro quais são suas intenções com a conversa. Isso ajuda a criar uma relação de confiança.

TAGS: equipe feedback

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *