Connect@ADP

Partnering with a more human resource

O Home Office representa o futuro para o mercado de trabalho?

Publicado Por: ADPLatAm on 9 February 2017 in Gestão do Capital Humano

Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

No dia a dia das empresas é comum que o assunto home office seja pautado eventualmente pelos colaboradores. E ele geralmente está relacionado a algum imprevisto no caminho ao escritório, enfermidades, emenda de feriados ou, até mesmo, a vontade de trabalhar de casa em um dia chuvoso para se livrar do caos do trânsito. Mas essa possibilidade de desempenhar uma função remotamente ainda não é uma opção disponível em todos os locais de trabalho. Em uma iniciativa para entender o futuro do mercado e as atuais demandas de colaboradores de empresas ao redor do mundo, a ADP apontou na pesquisa The Future of Work que 80% dos entrevistados preferem a autogestão do horário e local de trabalho. Seria essa, então, uma tendência para os próximos anos?

Tendências para o Home Office?

Durante o Summit que aconteceu no dia 09 de novembro de 2016, a empresa reuniu profissionais que discutiram essa e outras questões. Trabalhar em casa é improdutivo? Como as empresas devem se portar frente às novas demandas?

Silvia Bassi, diretora Executiva e Publisher do IDG Now, apontou que, atualmente, a flexibilidade no trabalho já é uma realidade no mercado e a possibilidade de atuação remota foi facilitada pelas ofertas tecnológicas. Essa afirmativa, inclusive, vai de acordo com outro dado apontado pela pesquisa da ADP: de que 77% dos entrevistados acreditam que poderão trabalhar remotamente a partir de dispositivos móveis.

Captain-Kimo-at-the-Beach-in-Phuket-Thailand-Working-on-Monthly-Newsletter

Bassi ainda ressaltou que já existem colaboradores 100% home office, e essa é uma possibilidade que não vemos apenas no momento do trabalho, mas também na educação, por exemplo. Muitas pessoas já aprendem online, longe das universidades, e a tendência é que as ofertas apenas aumentem.

Mariane Guerra, vice-presidente de RH LatAm da ADP, reforçou que frente às novas demandas de gerações mais conectadas, que chegam ao mercado à procura de empresas e vagas que estejam de acordo com suas necessidades, as companhias têm que estabelecer modelos à rotina de seus colaboradores. Isso vai além da oferta do home-office, mas também conversa com a criação de um ambiente saudável e de possibilidade de troca de experiências dentro dos escritórios. Nesse caso, o trabalho remoto não seria um “refúgio” à rotina, mas sim uma segunda possibilidade de desempenho de tarefas.

Empresas cada vez mais atentas às necessidades de seus colaboradores tendem a atrair os melhores colaboradores e a reter seus talentos! Lembre-se disso!

Escrito por Isabella Ferrentini

Foto: Captain Kimo

Foto: Huckcnd

(Visited 216 times, 1 visits today)
Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

TAGS: flexbilidade no trabalho FOW future of work Home Office

Publique uma resposta

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

Defina suas preferências de cookies