Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Como melhorar a imagem do departamento de RH?

Publicado Por: ADPLatAm on 10 fevereiro 2017 in Gestão do Capital Humano, Non classé

Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

Você já se perguntou como anda a imagem de seu departamento de RH? Uma pesquisa global recente da KPMG descobriu que um em cada cinco executivos C-level não consegue ver uma correlação tangível entre o trabalho de RH e os resultados do negócio. Além disso, quase 30% deles citaram a falta de habilidades, recursos e experiências dentro da função de RH, como motivos para essa opinião.

O RH como o coração da organização

Diferentemente do que as pessoas pensam, a área de recursos humanos desempenha um papel vital e permite que as organizações modernas possam se aproximar de suas metas. O RH pode ajudar a empresa a entender melhor os seus colaboradores, o que os torna mais engajados, gerando maior produtividade e um retorno mais lucrativo. O desafio concentra-se em apresentar estas qualidades aos líderes e colaboradores das organizações.

Como os profissionais de recursos humanos podem provar que seu trabalho é fundamental aos seus colegas executivos mais céticos? É uma tarefa complexa, pois é necessário lidar com aspectos como a cultura e a recompensa em um ambiente de negócios altamente competitivo. Por isso, o RH deve primeiro promover ativamente o seu negócio da mesma forma que o marketing faz, usando as redes sociais para compartilhar suas ideias, conversando com as comunidades de talentos e educando os seus pares para atrair e envolver os colaboradores em seus projetos.

Mudando o relacionamento com os líderes de negócio

O segundo passo consiste na aproximação com os líderes empresariais e as questões do negócio. Se a área de recursos humanos quer de fato agregar valor e consequentemente melhorar a sua imagem, a oportunidade está aqui. Graças aos serviços baseados em tecnologia, o RH tem agora a capacidade de identificar os problemas do negócio em tempo real e isto pode fazer com que passe a ser visto como peça fundamental para os líderes das organizações. A insuficiência de competências por exemplo – algo que 65% dos CEOs dizem que estão mais preocupados – pode ser transformado em mapeamento de competências e a criação de um relacionamento mais próximo.

Oferecendo jornadas de trabalho mais flexíveis

flexibilidade-trabalho-feature

Um outro ponto que pode ajudar, é oferecer opções de trabalho mais flexíveis e atrativas, tais como horas de trabalho mais variadas e home office. Isso pode ajudar na criação de uma cultura organizacional mais atraente para potenciais colaboradores. De acordo com a SHRM, 41% dos millennials preferem se comunicar por meio de tecnologia móvel e 21% querem regimes de trabalho mais flexíveis, por isso é essencial para os departamentos olharem para este novo estilo de vida no ambiente de trabalho atentando sempre para as exigências regulatórias locais, mas buscando acomodar os anseios da nova geração de trabalhadores.

O RH tem todas as informações: Use!

O RH possui o que há de mais valioso em uma empresa: os dados sobre o Capital Humano. O departamento é capaz de fornecer às organizações uma riqueza de conhecimento sobre os empregados, tendências de trabalho e o desempenho geral da empresa e isto deve ser utilizado para mostrar o que a área pode fazer de melhor e onde ele se posiciona.

Os departamentos de RH há muito tempo têm investido em softwares e sistemas inteiramente dedicados à captura, relatórios e armazenamento dos “dados das pessoas”. É possível utilizar esses sistemas para verdadeiramente liberar informações e permitir que a área de recursos humanos demonstre o valor que ela gera. Este é um formato que a alta administração pode compreender facilmente e ser impactada positivamente com rapidez.

RH no papel de liderança

A verdade seja dita, não deveria haver necessidade em ter de se falar do real valor e representatividade do papel do RH. Afinal, a força das organizações está direta e proporcionalmente relacionada a força e desempenho dos seus colaboradores. O trabalho do RH está então especialmente voltado a fornecer informações sobre aspectos da realidade da empresa e suas pessoas, com base nos dados que o departamento tem em mãos, mostrando o que está de fato acontecendo em toda a organização e como ela pode ser melhorada. Usando HCM’s baseados em nuvem é possível fornecer ferramentas, sistemas integrados e suporte especializado para alcançar este objetivo e reduzir os custos por meio da remoção de processos ineficientes.

O RH pode assumir um papel de liderança mais forte, bem como impulsionar o seu valor dentro da organização. À medida que outras grandes empresas consolidem seus sistemas de HCM, eles deverão passar da análise de métricas básicas (quadro de pessoas e horas trabalhadas) para análises mais significativas que possam ajudar a resolver problemas de negócios complexos. Desta forma, a área de recursos humanos estará mais próxima de ser reconhecida e vista como setor fundamental para o bom andamento dos negócios.

Escrito por Joana Mattos

Foto: The Odssey Online

Foto: Huckcnd

(Visited 316 times, 1 visits today)
Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

TAGS: recursos humanos RH

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

Fill in your details below or click an icon to log in:

Ailton Moraes says

O que eu percebo é que não há alinhamentos e uniformidade no desempenho das pessoas que executam RH. Há algo como falta de disciplina, linguajar e até mesmo performance que contradiz o que de fato os subsistemas de RH é capaz de promover. As pessoas que estão a frente de processos seletivos, estão perdidas pela vaidade, acomodadas pelas ferramentas de assesment. Depois da criação dos cursos tecnólogos nesta área invés de melhorar a área piorou. Os profissionais com tempo de casa nesta área, a grande maioria esta fora da área, em virtude dos salários. E muitos tem buscado o empreendedorismo já que não conseguem ser vistos para a recolocação profissional. As ferramentas de software, ela não deve ser mais importante do que um comportamento humano. A área esta perdida, muita vaidade e pouca ação para os resultados. Esta área sempre foi muito respeitada, porém muitas a confundem achando que ainda o verdadeiro valor é a folha de pagamento. Me desculpem, mas folha de pagamento é lançamento de dados e parametrizações apenas. O difícil de fato é ser o Business Partner da área, as pessoas se esquecem que é necessário conhecer os processos de fabricação dos seus produtos, e conhecer sobre cenários não do atual governo, mas sim lincar o quanto profissionais competentes que passaram por tantos momentos de CRISE, hoje estão fora, onde poderiam estar dentro e contribuir muito muito, com as empresas que querem se levantar e tornar-se diferente. Usar RH, para falar de Rosa e Azul, e não mostrar nenhum projeto a respeito. Ficar a exibição de carinhas para exibirem seus corpinhos, me desculpem isto não fara a diferença alguma em Recursos Humanos. Precisamos de pessoas sérias, vibrantes e mais a mescla de gênero nesta área é muito importante. O que nos momentos atuais não vemos acontecer. Obrigado.