Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Alterações em leis trabalhistas podem impactar o desempenho do seu RH

Publicado Por: ADPLatAm on 27 September 2016 in Conformidade Legal

Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

O mercado de trabalho brasileiro funciona baseado em regras antigas, formuladas ainda na Era Vargas (1930-45), quando não existiam tantas profissões e formas de atuação como hoje. Desde a criação da CLT (1943), as leis sofrem várias alterações para se adaptar à modernidade, mas devido ao rápido desenvolvimento, a adequação da legislação está sempre um passo atrás das necessidades.

O desenvolvimento tecnológico foi um dos principais fatores das mudanças no ambiente de trabalho e as empresas ainda sofrem com a falta de amparo jurídico para essas alterações. A globalização e a maior possibilidade de empresas migrarem ou se expandirem para outros países também trouxe complicações de adequação à lei de cada país.

Diferentes regiões, diferentes legislações

profissionais de rh devem se atualizar

Foto: Sentido único

Cada país possui suas leis trabalhistas, o que obriga as empresas multinacionais a se adequarem a cada um deles. Com isso, os profissionais de RH devem se atualizar constantemente.

O Direito Trabalhista é uma área em que se costuma registrar mudanças substanciais a cada ano, e no Brasil, só em 2015 foram sancionadas uma série de leis que mudam completamente a forma como empresas e governo se relacionam com o trabalhador. Essas mudanças são uma evolução natural, adaptadas para acompanhar as transformações da sociedade.

Hoje, o mundo todo caminha para um modelo flexível de contratação e, por mais que em um primeiro momento pareça que as novas leis trazem mais dor de cabeça às empresas e trabalhadores, estas servem para fazer a manutenção dos vínculos empregatícios. A pesquisa Futuro do Trabalho, realizada pela ADP mostrou o que colaboradores de diferentes países esperam do seu ambiente de trabalho daqui alguns anos. Entre as tendências, estão a flexibilidade de horário, trabalho remoto e contratação pontual – realidades que não são totalmente contempladas nas leis trabalhistas.

O caminho daqui para frente não deve ser de incremento, mas sim de aprimoramento dos direitos já existentes e de formas flexíveis de contratação, além da preocupação do governo e empresas em proporcionar e manter esses empregos.

Como se adequar?

como se adequar

Foto: Quero Evoluir

Os efeitos das novas leis trabalhistas repercutem tanto para o trabalhador quanto para o empregador que precisam estar atentos às mudanças para evitar transtornos no futuro. A legislação trabalhista e previdenciária está em constante atualização, por isso é importante que a empresa possua mecanismos para que sempre se mantenha atualizada, evitando o descumprimento de algum dispositivo legal que possa sujeitá-la a punições. Por esse motivo, evitar ou se antecipar a uma ação judicial trabalhista por meio da informação é a mais eficiente forma de redução de custos com passivos.

A relação entre capital e trabalho está cada vez mais dinâmica. As tecnologias estão exigindo novas formas de trabalhar e é imprescindível a criação de um ambiente favorável para que essas formas alternativas de trabalho sejam aplicadas com segurança e proteção.

Contar com uma consultoria especializada em recursos humanos e legislação trabalhista pode ajudar as empresas a estarem sempre informadas sobre as alterações nas leis e os meios necessários para se adequar. Dispor de um parceiro para a migração ou expansão da empresa para uma nova zona comercial pode economizar tempo nos ajustes, dinheiro nas mudanças e evitar possíveis dores de cabeça.

 

Escrito por: Angela Rachid

(Visited 275 times, 1 visits today)
Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

TAGS: Leis RH

Publique uma resposta

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

Defina suas preferências de cookies