Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Acompanhe o novo cronograma do eSocial, mas não relaxe!

Publicado Por: ADPLatAm on 20 fevereiro 2017 in eSocial

Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

Se  você vinha acompanhando as notícias sobre o eSocial e andava preocupado com a aproximação do prazo final para adequação, saiba que você ganhou um novo fôlego. O Diário Oficial da União publicou um novo cronograma.

Definições eSocial – Agora, as empresas que tiveram o faturamento em 2016 igual ou superior a R$78 milhões tem até o dia 01 de janeiro de 2018 para adotar o sistema. A norma se torna obrigatória para as demais empresas seis meses depois, a partir de 01 de julho de 2018. A resolução também dispensa a prestação de eventos relativos à saúde e segurança do trabalhador (SST) nos seis primeiros meses após as novas datas para início da obrigatoriedade.

prazos esocial

Será definido em legislação específica, o tratamento diferenciado para as microempresas e empresas de pequeno porte, ao microempreendedor individual (MEI) com empregado e ao segurado especial, alinhado com os prazos acima descritos.

Mas não relaxe muito. Janeiro de 2018 pode parecer muito tempo, mas é preciso ficar atento ao cronograma. É importante ressaltar que até 01 de Julho de 2017, será disponibilizado o ambiente de pré-produção. Nesse ambiente, as empresas poderão realizar a submissão dos eventos iniciais, periódicos e não periódicos em ambiente controlado, oferecendo subsídios para possíveis inconsistências que demandem correções.

Os próximos meses serão fundamentais para que as empresas absorvam as mudanças. A experiência da ADP, que há 5 anos acompanha o projeto eSocial, mostra que o saneamento dos dados e a adequação dos processos são trabalhosos.

esocial

Foto: ALEC

As  empresas que vinham trabalhando para a implementação do eSocial perceberam a dificuldade e a complexidade do programa, principalmente com a necessidade de submissão de eventos periódicos e não periódicos ao ambiente do eSocial. Temos identificado, por exemplo, que a qualificação cadastral em lote, liberada pelo governo no final de junho, aponta, em média, inconsistências para 20% dos empregados submetidos. Em muitos desses casos, o empregado necessitará comparecer pessoalmente ao órgão governamental para resolver a pendência.

entrevistagisele_featured2

Outros problemas comuns são disparidades de dados de endereço com relação à base dos correios, e inconsistências nos dados de dependentes. São muitos detalhes, e com o uso efetivo, outros fatalmente serão identificados. As companhias devem aproveitar a oportunidade do ambiente de pré-produção do eSocial, a ser disponibilizado até julho de 2017, para fazer os últimos ajustes antes da mandatoriedade, quando erros e omissões resultarão em multas.

Confira o documento oficial do Diário Oficial da União

E apesar do tempo para se preparar parecer longo, doze meses podem não ser o suficiente para a maturação e adequação dos departamentos de RH. Justamente pensando nas companhias que ainda não estão prontas às novas demandas do governo e têm dúvidas quanto ao eSocial, a ADP, empresa líder global de Gestão do Capital Humano, em parceria com a EY, consultoria referência na prestação de serviços profissionais, reunirá experts no assunto para a realização do webinar esocial.

O webinar eSocial, com transmissão ao vivo, será no dia 15/03, às 15h em formato interativo e gratuito, abrindo espaço para os espectadores realizarem perguntas aos especialistas. O cadastro para assistir ao webinar pode ser realizado no www.webinaresocial.com.br.

Escrito por: Valquíria Cruz

(Visited 1.518 times, 10 visits today)
Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

TAGS: eSocial governo legislação

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

Fill in your details below or click an icon to log in: