Connect@ADP

Partnering with a more human resource

O que está por trás do marketing de recrutamento

Publicado Por: ADP LATAM on 15 Maio 2019 in Gestão do Capital Humano, Tendência em RH

 Esqueça o processo de recrutamento e seleção tradicional, com buscas de currículos, dinâmicas em grupo e entrevistas padrão.

Com a entrada das novas gerações no mercado de trabalho e o advento da tecnologia, é preciso inovar para atrair os melhores talentos.

Nesse cenário, o marketing de recrutamento ganha força.

 

Marketing de recrutamento?

Isso mesmo! Trata-se de uma estratégia que utiliza diversos canais e métodos com o objetivo de converter candidatos em contratações.

Em uma analogia simples, o princípio é o mesmo do marketing que transforma prospects em clientes.

No entanto, o foco é trabalhar a marca como empregadora. Ou seja, a imagem que a companhia tem na mente de quem está no mercado de trabalho.

Em vez de concentrar esforços apenas na divulgação de vagas, a estratégia é divulgar a companhia e os bons motivos de trabalhar lá.

Marca forte

Segundo pesquisa feita pela Deloitte, 61% dos candidatos aceitariam uma oferta com um salário menor por conta da boa imagem da empresa.

Por outro lado, 74% não aceitariam uma oferta de uma marca com reputação ruim.

Por isso, é importante atuar em três esferas principais:

 

  1. Conscientização

A empresa deve disseminar sua cultura, propósito e missão.

É claro que, para que esse processo funcione, é essencial que o discurso seja condizente ao que acontece de fato na companhia.

 

  1. Interesse

O RH precisa oferecer conteúdo de qualidade aos profissionais que concorrem à vaga.

Assim como os consumidores pesquisam a confiabilidade da empresa antes de comprar um produto, os candidatos buscam conhecer mais sobre a organização e a reputação da marca.

 

  1. Pesquisa ativa

 É essencial manter informações de relevância – e atuais – nos perfis da empresa nas redes sociais.

Também mantenha as vagas atualizadas e use mecanismos que facilitem a candidatura, como parsing (escaneamento automatizado) de currículos  e chatbots.

A ideia é encantar o candidato.

E isso passa por muitos fatores, como remuneração, benefícios, ambiente de trabalho, lideranças, plano de carreira, cultura e valores.

 

TAGS: marca empregadora marketing de recrutamento Talentos

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *