Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Os líderes podem fazer com que a equipe progrida ou regrida

Publicado Por: ADP LATAM on 2 junho 2020 in Gestão do Capital Humano, Tendência em RH

Vamos analisar em detalhes os efeitos dos gerentes sobre suas equipes

 Por Mariane Guerra

Você sabia que 50% dos colaboradores saem da empresa na qual trabalham por causa do chefe? A influência do líder afeta diretamente o envolvimento do colaborador em tarefas diárias e até mesmo na trajetória profissional. De acordo com estudo da Gallup, os gerentes são responsáveis por pelo menos 70% da variação no envolvimento do colaborador.

O que faz um gerente ser bom?

 Um gerente eficiente é um líder nato. A equipe desse tipo de gerente faz todo o trabalho com excelência e ainda sobra energia para fazer mais. Certamente, quando um gerente é engajado, organizado, ambicioso e positivo, isso gera um efeito cascata sobre a equipe. E o segredo desses gerentes é que primeiro eles gerenciam a si mesmos, para só então gerenciar as outras pessoas.

 Como um bom gerente recompensa sua equipe?

Traçar metas e delegar tarefas são apenas dois aspectos da gestão de pessoas. Você não pode simplesmente esperar que sua equipe seja bem-sucedida. Um bom gerente sabe que é preciso comemorar o sucesso, solidarizar-se com o fracasso, reconhecer o esforço e recompensar a lealdade. Um cafezinho, uma conversa franca, um dia de passeio com a equipe… tudo isso é importante.

O gerente pode afetar o espírito de equipe?

Quando você está nas mãos de um bom gerente, percebe que ele confia em você e o valoriza e se sente confortável para ser você mesmo. O resultado é uma equipe unida e cheia de atitude.

Mas o que acontece quando seu gerente não é tão genial? Há uma desconexão cada vez maior entre as pessoas, que acaba levando ao desinteresse generalizado. Na verdade, os colaboradores que não se sentem reconhecidos e satisfeitos acabam procurando a concorrência ou apresentando um comportamento passivo-agressivo.

Como o gerente afeta o desenvolvimento de carreira?

 O crescimento e o desenvolvimento contínuos são essenciais para o desenvolvimento de carreira. Basicamente, a vontade de progredir deve vir do colaborador, mas o gerente também desempenha um papel determinante. Ao promover a confiança, criar oportunidades, realizar treinamentos e apoiar seus colaboradores, o gerente pode fazer toda a diferença. O desenvolvimento de carreira também é uma ferramenta muito útil para evitar que os principais talentos busquem outra empresa para progredir na carreira.

Em que mais precisamos pensar?

O gerente não afeta apenas a equipe dele. Ele afeta toda a empresa de diversas formas, por exemplo, recrutando as melhores pessoas para evitar a rotatividade, incentivando a produtividade dos colaboradores para gerar lucratividade dos negócios e fortalecendo o espírito de equipe para promover a cultura do local de trabalho. Garantir que cada equipe seja liderada por um ótimo gerente é fundamental para o futuro da empresa.

Será que não está na hora de investirmos mais em nossos gerentes?

 

TAGS: Gestão de Capital Humano RH

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *