Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Os novos anseios e desejos dos trabalhadores no pós-pandemia

Publicado Por: ADP LATAM on 2 October 2020 in Non classé

A pesquisa da ADP mapeou os principais desejos e perspectivas dos funcionários no ambiente de trabalho, além de trazer suas impressões sobre o atual momento, pós-coronavírus.

O ADP Research Institute realizou uma pesquisa global inédita, em quatro continentes, trazendo uma visão sobre os principais anseios e desejos dos trabalhadores no ambiente laboral. O levantamento, que foi realizado nos cenários pré e pós-COVID-19, mostra quais eram as prioridades e expectativas das pessoas em relação ao seu local de trabalho e o que mudou, após a adoção das medidas de isolamento social e da ampliação do trabalho remoto.

A primeira parte da pesquisa foi realizada entre os meses de novembro e dezembro de 2019, e ouviu 32 mil trabalhadores, em 17 países do mundo. Já a segunda edição, ocorreu no mês de maio deste ano, portanto pós-coronavírus, e ouviu 11 mil trabalhadores, em seis países (Espanha,Reino Unido, EUA, China, Índia e Brasil), selecionados como representativos das regiões Ásia-Pacífico, Europa, América do Norte e América Latina, para o trabalho comparativo.

Veja os principais pontos trazidos pelo estudo:

Otimismo dos trabalhadores

Um dos apontamentos do estudo foi o otimismo dos trabalhadores no ambiente de trabalho, nos próximo cinco anos. Na primeira edição da pesquisa, 86% dos participantes disseram que se sentiam otimistas, contra 84% do segundo levantamento. Quando observado os dados do Brasil, o percentual fica em 89%, nas duas edições, levemente acima da média das seis regiões comparadas. Mostrando que mesmo com as adversidades econômicas que o Brasil vem passando nos últimos anos, os trabalhadores se mantêm otimistas.

Expectativa de existência das funções desempenhadas

O estudo analisou, também, qual a percepção dos trabalhadores, para daqui a cinco anos, em relação a atividade que exercem hoje. Neste ponto, os brasileiros aparecem como os que menos prevêem o fim de suas funções dentro desse prazo, nos dois estudos. Para 75% dos entrevistados no Brasil, as funções que exercem, atualmente, não deixarão de existir até 2025.

Trabalho flexível

Quase metade (44%) dos participantes afirmam que os empregadores, agora, têm políticas oficiais de trabalho flexível implementadas, em comparação com apenas um em cada quatro (24%), segundo o resultado anterior. No Brasil, a porcentagem de trabalhadores que afirmam que suas empresas possuem uma política oficial que permite trabalho flexível quase dobrou na comparação com a primeira edição do estudo, passando de 27% dos entrevistados para 50%.

Para trazer uma visão do atual momento, os pesquisadores quiseram saber, ainda, se os trabalhadores sentiram alguma pressão por parte de seu empregador para continuar atuando dentro do escritório. Entre os brasileiros, 30% afirmaram sentir alguma pressão no início, mas agora não mais. Já outros 17% pontuaram que, ainda neste momento, são pressionados.

Horas de trabalho e Remuneração

Os entrevistados perguntaram aos trabalhadores, em média, quantas horas por semana acreditavam que trabalhavam sem remuneração. Na primeira edição do estudo, os brasileiros responderam que cerca de 4,3 horas. Já no segundo levantamento, a média subiu para 5,3.

No segundo estudo, os pesquisadores levantaram, também, quais os sacrifícios que os trabalhadores estariam dispostos a fazer, em se tratando de remuneração, para manter o emprego. Neste ponto, 46% dos brasileiros aceitariam redução de seus rendimentos para a manutenção dos empregos.

Forma de trabalho

A pesquisa apurou, ainda, qual a forma de trabalho preferida pelos respondentes nos levantamentos realizados. Antes do novo coronavírus, apenas 18% dos brasileiros responderam que preferiam o regime de freelance. Apesar de um leve acréscimo, chegando a 20% pós-COVID-19, a porcentagem se manteve baixa.

Embora as funções permanentes continuem sendo, de longe, a opção antes e depois da COVID-19, os estudos revelam que o apelo do trabalho freelancer não diminuiu. Antes da crise, 15% de todos os trabalhadores (regulares e freelancers) disseram que escolheriam o trabalho freelancer, em vez de uma posição permanente, caso ambas as opções estivessem disponíveis. Na segunda edição da pesquisa, esse percentual subiu para 18%.

Para ter acesso ao estudo completo que busca responder questões sobre a flexibilização do trabalho, o futuro das profissões, expectativas salariais e Gig Economy, acesse: https://www.adp.com.br/landing-page/workforce-view-2020/

 

TAGS: coronavírus Funcionários gestão pesquisa produtividade RH

Publique uma resposta

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Krbccoica says

writing phd thesis thesis defense advice

SntdBode says

best essays writing service pay you to write my essay

DbgvFealk says

uk dissertation writing dissertation methodology

Dnrjdaymn says

buy a dissertation dissertation services

CnukJuice says

thesis writing services uk thesis editing

AnciPhele says

buy cheap papers buy cheap papers online

chloroquine pills says
SntdBode says

hire essay writer buy custom essays

Krbccoica says

phd by thesis only what is thesis writing

Buy steroids online says

How to make money online - earnings with investment https://sites.google.com/view/site-for-investing-in-bitcoin/how-to-make-money-online-earnings-with-investment

CoulaPolo says

how does plaquenil work https://hydroxychloroquinex.com/ aralen medication chloroquine phosphate vs hydroxychloroquine sulfate

bactrim antibiotic says
pharmacepticacom says

generic sildenafil cost usa https://pharmaceptica.com/

prednisoneforgout says
provigil100mg says

sunosi vs modafinil modafinil side effects

bactrim for uti says
Htbncoica says

generic viagra soft gel capsule viagra an packstation

SnukBode says

know viagra starts working wirkung viagra nach ejakulation

DnrvFealk says

viagra skladnik viagra academia

Dnyudaymn says

what viagra is used for bob kraft viagra falls

CntfJuice says

los hipertensos pueden consumir viagra priapismo e viagra

modafinilindia says

https://modalertmodafinil.com/ provigil and alcohol

Fthttoono says

best cialis levitra viagra compro viagra en chile

AnmkPhele says

herbal viagra holland barrett el viagra pone los ojos rojos

HydrIlmswvy says

bactrim side effects trimethoprim sulfamethoxazole

Htbncoica says

effetti viagra e cialis dose di viagra consigliata

SnukBode says

buy viagra bournemouth average viagra user age

DnrvFealk says

how viagra works gmp best natural viagra pills

Dnyudaymn says

can take viagra coumadin herbal viagra capsule

cialis 20 mg says

cialis dosage https://cialiswithdapoxetine.com/

CntfJuice says

non prescription viagra alternatives viagra pink pill for women

Fthttoono says

viagra posologie comprime receta de la viagra

Htbncoica says

medicaid pay for viagra viagra stetnost

SnukBode says

viagra in svizzera senza ricetta date that viagra patent expires

DnrvFealk says

viagra historical sales uk viagra patent

prednisonewarnings says

prednisolone for cats prednisone brand name

provigilandalcohol says