Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Entenda como empreender pode ir além de ter o próprio negócio

Publicado Por: ADPLatAm on 24 fevereiro 2017 in Gestão do Capital Humano, Non classé

Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

Cultura empreendedora favorece colaboradores no ambiente profissional

Ter o próprio negócio sempre foi um sonho para grande parte dos profissionais. Seja pela autonomia e flexibilidade proporcionada pela autogestão, seja pela possibilidade de trabalhar com algo que faça sentido ou que gere valor para si próprio.

“Empreendedorismo é a disposição para identificar problemas e oportunidades e investir recursos e competências na criação de um negócio, projeto ou movimento que seja capaz de alavancar mudanças e gerar um impacto positivo.” (Endeavor). 

Em tempos de crise, trabalhar por conta própria também virou uma questão de necessidade para muitos, além de uma forma de garantir renda diante de poucas oportunidades no mercado de trabalho tradicional. Segundo pesquisa realizada pela Global Entrepreneurship Monitor em 2015, quatro em cada dez brasileiros adultos já possuem um negócio ou estão envolvidos com a criação de uma empresa.

Independentemente do motivo que leva um profissional a buscar seu próprio negócio, a cultura empreendedora já é uma realidade no país. Principalmente para o público mais jovem, que utiliza o conhecimento aliado a recursos tecnológicos como meio de colaborar para a realização dos projetos ou para viabilizar uma ideia empreendedora.

A grande novidade é que agora esse perfil empreendedor também pode ser aplicado no dia a dia profissional e nas características atribuídas às personalidades empreendedoras como autoconfiança, iniciativa e capacidade de assumir riscos são valorizadas pelos gestores no momento da contratação.

proprio-negocio-cultura-empreendedora-blog

Para Deborah Abi-Saber, Gerente de RH da Red Bull, os dois caminhos podem andar juntos. “O jovem não precisa escolher entre ser uma coisa ou outra. Hoje é possível ter o próprio negócio e ainda trabalhar para uma empresa. É uma troca com benefícios mútuos. A experiência que ele tem pode nos trazer insights, assim como a infraestrutura oferecida pela empresa pode ajudá-lo em outros aspectos.”, acredita.

Aos que não querem abrir mão de traçar seu próprio caminho, encontrar um trabalho flexível que funcione em paralelo ao próprio negócio é uma solução possível e muito buscada pelos colaboradores do futuro.

Ficou interessado? Confira algumas atitudes empreendedoras que podem fazer a diferença no ambiente profissional: 

  • Visualizar obstáculos como desafios
  • Ver o erro como um aprendizado, não como um fracasso
  • Explorar os bons resultados e conquistas
  • Criatividade para buscar recursos
  • Capacidade de assumir riscos
  • Curiosidade
  • Iniciativa
  • Persuasão
  • Autoconfiança

 

Foto: Acheltron

(Visited 157 times, 1 visits today)
Compartilhe Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Facebook

TAGS: FOW

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

Fill in your details below or click an icon to log in: