Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Como tornar o RH cada vez mais estratégico?

Publicado Por: ADP LATAM on 6 agosto 2018 in Non classé

Novos tempos, nova postura do RH

A área de recursos passou de departamento pessoal (das obrigações trabalhistas e burocracias) ao RH estratégico, que apoia efetivamente o negócio.

Quer dizer que, mais do que realizar a administração de pessoal, cabe ao setor conhecer profundamente o modelo de negócio da empresa.

Também exige que a área esteja próxima dos líderes das demais áreas e do CEO.

RH estratégico na prática

Tudo isso tem um objetivo muito claro: desenvolver estratégias que permitam:

  • Atração e retenção dos melhores talentos;
  • Melhora no clima organizacional;
  • Práticas condizentes às novas gerações;

Essas questões são essenciais para o crescimento e sustentabilidade de qualquer companhia, principalmente nos novos tempos.

Um exemplo é o home office, que exige liderar a distância, automatizar tarefas e avaliar desempenho.

O futuro é high tech

Nesse sentido, o envolvimento do RH com as novas tecnologias é essencial.

Cabe à área arquitetar estruturas de trabalho inovadoras, com o olhar atento aos diferentes perfis profissionais e ferramentas disponíveis.

Além disso, é preciso fazer uma leitura criteriosa de dados e usar análises quantitativas e qualitativas para melhorar processos e resultados.

Isso é possível pela valorização das competências de cada colaborador.

Como saber o caminho certo?

Algumas perguntas ajudam a saber se a área está no caminho certo.

  • O planejamento anual de RH está atrelado à estratégia de crescimento da empresa?
  • A área está recrutando, desenvolvendo e retendo os melhores talentos para ajudar a companhia a crescer?
  • Há um plano estruturado para identificar as deficiências dos profissionais e ações para saná-las?
  • A performance das pessoas está sendo monitorada por meio de indicadores e metas?
  • A área tem interface com líderes dos outros setores e com o CEO para identificar o perfil do profissional ideal?

Tudo isso é importante para entender as necessidades dos profissionais e da empresa e transformá-las em ações que gerem valor.

O RH deixa de ser um ‘recurso’ para participar ativamente das decisões de negócio e ajudar no alcance de metas.

 

TAGS: apoio ao negócio gestão de pessoas rh estratégico

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *