Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Transformação digital exige nova postura do RH

Publicado Por: ADP LATAM on 12 dezembro 2018 in Inovação e Tecnologia, Tendência em RH

Transformação digital pede novas formas de trabalho

A transformação digital vem modificando empresas de todos os setores e portes. E não se trata apenas da adoção de novas tecnologias e, sim, de novas maneiras de trabalhar e tornar os negócios mais competitivos.

Tudo isso em conjunto com a reorganização de processos de trabalho e gestão de pessoas. Esse cenário chama a atenção para a atuação do RH que, mais uma vez, precisa se modificar.

Uso das tecnologias no RH

A área já passou de burocrática para desenvolvimento, focada em pessoas e liderança. Agora, deve se transformar para o cenário digital, mas há um longo caminho pela frente.

Segundo a pesquisadora britânica Helen Rosethorn, CEO da consultoria Prophet, grande parte dos profissionais de recursos humanos ainda trabalha num modelo convencional, “reativo”, como ela denomina.

Isso quer dizer que executam funções dentro de uma estrutura bem definida e usam tecnologias novas apenas quando a ordem vem de cima.

Arquétipos do setor de Recursos Humanos

A partir de uma pesquisa realizada com 550 profissionais do setor – incluindo 250 líderes – Helen mapeou seis arquétipos:

  • Convencionalista: menos disposto a mudanças. Realiza tarefas burocráticas e padrão;
  • Provocador: pioneiro, ativo e impulsionador da transformação digital na empresa;
  • Experimentador: interessado no potencial da mudança digital. Experimenta inovações na área;
  • Apoiador tático: apoia e contribui para a estratégia digital geral do negócio, criando parcerias e apoiando iniciativas;
  • Formador de cultura: líder digital que promove mudanças em várias áreas do negócio;
  • Parceiro estratégico: papel importante para colocar a inovação digital no coração do negócio, identificando oportunidades.

RH: evolução na linha do tempo

A mudança de pensamento e postura é gradual e para isso, é importante passar por todos os arquétipos. Mas a ideia é que a área se transforme em uma parceira do negócio, isso quer dizer, ter capacidade de gerir a experiência dos funcionários com a empresa e a percepção que os clientes têm da marca.

Dessa forma, é possível organizar informações que ajudem a gestão da empresa.

Saber arquitetar estruturas de trabalho inovadoras, entender de análise de dados e estatísticas, ter conhecimento de gestão financeira e interesse por novas tecnologias são alguns pontos importantes nesse processo.

 

TAGS: tecnologia no rh transformação digital

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *