Connect@ADP

Partnering with a more human resource

Futuro e oportunidades: o que a visita ao Vale do Silício me ensinou

Publicado Por: ADP LATAM on 4 Maio 2018 in Tendência em RH

Quando estamos compenetrados em nosso trabalho, corremos o risco de entrar em processos mecânicos, deixando de ver maneiras diferentes de executar uma mesma ação.

Por isso, quando recebi o convite da Amcham Brasil para ir ao Vale do Silício e São Francisco, nos Estados Unidos, participar da 1ª Missão Internacional de Gestão e Pessoas, não pensei duas vezes!

Fui acompanhada de um grupo de executivos com o objetivo de conhecer as novas tendências e metodologias da região.

Aprendi muito durante os cinco dias da expedição e agora quero compartilhar com vocês. A nossa jornada começou pela visita ao Institute For The Future (IFTF), no Palo Alto, Califórnia.

Visita ao Vale do Silício

O instituto sem fins lucrativos tem como objetivo estudar diferentes caminhos para o futuro e, dentre eles, chegar a um que seja mais favorável para seus clientes.

Por mais que pareça distante da nossa realidade os projetos que realizados no Vale do Silício, todos nós podemos ser inovadores em nossas ações.

Isto porque a metodologia deles consiste em fazer as perguntas adequadas e, principalmente, se perguntar sempre se o que funciona hoje continuará a funcionar no futuro.

Outro aprendizado importante foi sobre os conceitos que eles consideram fundamentais para se tornarem preparados para o futuro. São eles:

  • Se torne conhecido (você sabe como ganhar crédito por tudo que faz?)
  • Seja amigo da máquina (você sabia que os algoritmos podem fazer parte da sua equipe?)
  • Construa sua tribo (você sabe a receita para criar grupos integrados e eficientes?)
  • Faça sentido (você consegue conectar os pontos para construir novos caminhos?)
  • Não olhe para trás (o que você faria quando se encontrar em um momento de volatilidade?)
  • Tentei responder a estas perguntas para mim mesma muitas vezes, mas concluí que nem eu nem as organizações de RH estão preparadas para o futuro.

Na Plug&Play Startup Camp, além de nos atualizarmos sobre as tendências tecnológicas para o RH – como a importância das redes sociais na hora da contratação – também ficamos por dentro de estratégias de retenção de talentos.

Uma das startups do camping desenvolveu uma plataforma para conectar milênios em potencial com projetos que possam despertar o interesse deles. Para isso, eles combinam mais de 15 mil habilidades para encontrar a melhor oportunidade. Eu amei essa ideia!

Na Berkley University nós tivemos insights interessantes sobre a relação entre liderança e inovação. Entre eles estão:

  • Líderes criam inovações, não existe uma maneira de construir um ambiente inovador se a equipe de gerência sênior não estiver engajada e comprometida.
  • Mudanças são completamente diferentes de inovações. Cada uma delas demanda habilidades diferentes. Até existem pessoas que conseguem fazer ambas, mas não é sempre.
  • Por que algumas companhias falham enquanto outras são bem-sucedidas? Isto pode ser por falta de estratégia e liderança ou ausência de alinhamento entre estratégia, estrutura, habilidades, equipe, estilo, sistema e valores – mais conhecidos como os 7 S do McKisney.
  • Além disso, é preciso sempre ficarmos atentos aos gaps de performance e oportunidade. Ou seja, onde você está agora e onde deveria estar é o gap de performance e a distância entre onde está e onde poderia estar é o gap de oportunidade.

Nossa jornada passou ainda por companhias como Cisco, Apple Great Place to Work e LinkedIn.

Em todas as companhias que visitamos fomos instigados a pensar e refletir sobre o futuro, nosso papel no ambiente de trabalho e o que queremos ser.

Não tenho dúvidas de que voltei desta viagem diferente e ansiosa para colocar em prática na ADP tudo que aprendi.

Gostaria ainda de fazer um aceno aos diretores que me acompanharam nessa incrível visita ao Vale do Silício. São eles:

  • Flavio Pesiguelo, líder de Recursos Humanos da Natura
  • Carlos Eduardo Fazzio de Brito, líder de Recursos Humanos para América Latina da Monsanto
  • Rafaella Iacuzio Lopes, diretora de Recursos Humanos da Medtronic
  • Genilda Sandra Madeira Saji, líder de Recursos Humanos da Multiplus
  • Maria Angélica Del Cistia Kanashiro, vice-presidente HR e Sales Force Development da Tupperware Brands
  • Rodrigo Nadal Viscardi, diretor de Recursos Humanos na DHL
  • Andressa Pereira Giongo, gerente executivo de Recursos Humanos do Grupo RBS
  • Andressa Rissato, líder de desenvolvimento Humano e Organizacional da CBA Alumínio
  • Carlos Alberto Griner, vice-presidente sênior de Pessoas e Sustentabilidade da Embraer
  • Rodrigo Mesquita Rubano, gerente de educação corporativa da Klabin 
  • Michelle Dapper, diretora de Recursos Humanos da Caloi

Foi muito bom ter a companhia de gente tão competente!

Por fim, para pensar: há 10 anos um criador de valor era considerado um profissional de alto potencial.

Agora não é mais.

Você está preparado para o futuro?

TAGS: vale do silício

Publique uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

http://www.behardware.com/software/top-9-free-screen-recording-app-on-windows says

Thanks, it is very informative